[Unranked] Comunicação é a chave para o sucesso

 Novidades
  • ACOMPANHE AS NOVIDADES TAMBÉM PELAS NOSSAS REDES SOCIAIS!

Para conquistar a vitória em uma partida de Dota 2 é preciso que o time esteja em sintonia. Estamos falando de um jogo de times, em que cooperação é essencial. Isso quer dizer que, por mais que você não goste disso, comunicar-se com seus colegas de equipe é essencial.

É bem possível que você encontre algumas partidas silenciosas, em que cada jogador sabe o que está fazendo e não precisam se preocupar muito em revelar suas intenções falando durante o jogo todo. Mas isso é raro e, convenhamos, bastante perigoso. Principalmente porque você, caro leitor novato no mundo caótico das partidas públicas, pode vacilar fortemente em partidas assim – transformando algo silencioso e controlado em um festival de xingamentos sobre a sua performance.

Mas o silêncio não tende a imperar em Dota 2. O que normalmente acontece nos pubs é uma cacofonia de sugestões, pedidos de ajuda e eventuais tretas. Muito barulho, pouca coordenação, pouca informação útil. A zoeira impera,  o broderzinho que joga enquanto ouve Death Metal não abaixa o som do rádio de jeito nenhum e a quantidade de imitadores do Silvio Santos é embasbacante.

Ou é muito, ou é muito pouco, e isso atrapalha bastante a evolução de qualquer novato no jogo. O grande e principal problema é que mesmo com um leque considerável de ferramentas para comunicar com os outros jogadores, a maioria das pessoas usam todas elas de maneira inadequada.

Analisando o que temos no momento, existem dois elementos essenciais para informar o resto do time de suas decisões e sugestões: o chat (por voz ou texto) e o ping.

O chat é o mais utilizado e ao mesmo tempo o mais ignorado. Muitos jogadores fingem que não ouvem ou até mutam outros jogadores, já que o que mais rola nas conversas são xingamentos (principalmente em jogos com iniciantes). O chat por texto também não é muito prático,e parece ser mais uma ferramenta para anunciar GG e mandar uns EZ de vez em quando.

Mas não há nada mais aterrador e deprimente do que o ping. A ideia do “alt-click” é gerar um ponto de exclamação alertando que ali tem treta. Mas se você encontrar alguém que usa o ping para tal intuito, eu te parabenizo. a pingadinha, em 99% dos casos, serve para te irritar e te desconcentrar. Muitos fazem isso de propósito, pingando freneticamente em cima de heróis sem razão alguma.

“Ou é muito, ou é muito pouco, e isso atrapalha bastante a evolução de qualquer novato no jogo.”

O importante para você, jogador novato, é aprender a usar os sistemas de comunicação do jogo de maneira mais adequada, cordial e menos irritante para seus colegas de time. Se eles vão retribuir o favor ou não, já não depende de você.

Você sabia que se segurar a tecla Alt do seu teclado e clicar no retrato do inimigo no topo da tela, você avisa que ele sumiu da trilha? Se você fizer o mesmo segurando o Alt+Ctrl, você avisa que ele retornou. O Alt também faz outros milagres, como avisar se sua habilidade está no intervalo ou tem mana o bastante para ser usada (basta clicar no ícone de sua habilidade) e avisar seus colegas para se unirem para o uso de itens como Mekansm, Botas Arcanas e Fumaça da Enganação. Basta clicar no item em seu inventário.

Com isso, você já reduz a quantidade de comunicação verbal necessária em muito. Outras frases importantes podem ser configuradas para a sua chat wheel, através do menu de opções de atalhos do jogo. Coloque lá coisas importantes, como “cuidado!”, “recuem!” e “mandou bem!”. Assim, você não precisa abrir a boca para falar tudo o que precisa, e ninguém vai te achar irritante por isso.

Aprenda o que falar e quando falar, e você vai ver que seus jogos vão melhorar em 200%. Confie em mim. E lembre-se: se pingar mais de três vezes, vou te xingar no all chat.

Sobre o Unranked
Unranked é a coluna de Ives Aguiar para jogadores iniciantes. Novatos. Noobs. 100% perdidos. Ruins que dói. Como um iniciante no Dota, Ives sente-se na obrigação de ajudar quem, como ele, sofre nas trincheiras das partidas públicas. Não precisa comendar.
Pular para a barra de ferramentas