Valve dá o veredito, Kuku está fora do Major

 Novidades
  • ACOMPANHE AS NOVIDADES TAMBÉM PELAS NOSSAS REDES SOCIAIS!

Na noite desta segunda-feira (03), a Valve finalmente decidiu por um fim no drama entre TnC e China, e apresentou sua posição em torno da TnC e Carlo “Kuku” Palad.

 

Toda esta situação com o Kuku começou em novembro. Durante o jogo público, Carlo usou a frase “ching-chong”, denotando um duro menosprezo e é ofensivo para os chineses. Depois, Kuku e o gerente tentaram esconder esta situação, dizendo que essas palavras eram o apelido de um dos adversários na partida, mas os internautas revelaram a farsa.

Acompanhamos a situação recente em torno da TnC e do The Chongqing Major, bem como o seu desenvolvimento. Para começar: o governo chinês não proibiu Kuku. Apesar do fato da sua presença no torneio poder criar uma série de problemas, nós não pensamos que isso levaria a uma ameaça real à segurança.

Acreditamos que a responsabilidade pela solução profissional de tais problemas recai sobre as equipes. Se não, nós intervimos. Uma coisa é cometer um erro e pedir desculpas por isso, outra coisa é um time encontrar e tentar cobrir um jogador específico. A TnC tem repetidamente agido errado nesta situação, o que agravou ainda mais o que aconteceu.

A TnC entrou em contato com a Valve na última terça-feira e perguntou se eles seriam multados em pontos no Pro Circuit por substituír Kuku. Nós dissemos a eles que isso não aconteceria. Então decidimos que eles estavam considerando opções para substituir Kuku por outro jogador. No entanto, parece que atualmente a TnC não foi devidamente responsável por suas ações, então agora, proibimos diretamente de Kuku participar deste torneio. Para ser claro: nesta situação, a TnC não é uma vítima. É errado esconder a situação, evitar um senso real de responsabilidade e transferi-la para a comunidade. Esperamos que eles discordem disso.

Jogadores e equipes continuarão cometendo erros no futuro, e eles devem assumir a responsabilidade por eles. Queremos a oportunidade de aprender com os erros, mas se você assumir a responsabilidade, isso não significa que você não terá que pagar por um erro. Encobrir a situação não é uma abordagem aceitável e indica que o TnC  não pode tomar decisões responsáveis. Além da proibição da participação da Kuku, retiramos da TnC 20% dos pontos do Pro Circuit conquistados.

A restrição não se aplica a torneios subsequentes.”

Assim, a TnC terá que procurar um substituto para Kuku para o The Chongqing Major. Além disso, eles recebem uma dedução de 20% nos pontos atuais do Pro Circuit. Até o momento, a organização conta com 900 pontos, o que significa que após a multa, este número será de 720, que faz a equipe cair da 5º para o 6º lugar no ranking.

O The Chongqing Major acontece de 19 a 27 de janeiro. Durante o torneio, 16 equipes mais fortes se reunirão para a disputa de uma premiação total de US $ 1 milhão e 15 mil pontos.


Acompanhe todas as notícias do cenário competitivo com o Last Hit

    

Pular para a barra de ferramentas